#3 Playlist Da Semana: Pedro Cisneiros

Para minha primeira Playlist Da Semana podia ter escolhido grandes clássicos, os sons mais fofinhos ou aqueles que me deixaram nos meus melhores estados, ao vivo ou de headphones. Mas nada se repete da mesma forma, por isso não vale a pena estar com grandes tretas: quis começar com quem que me tem dado mais ritmo: Tnght. Não tenho muito para dizer sobre eles mas ainda não houve uma música em seu nome que não me deixasse bem. Por isso comecei uma viagem.

Aberta a porta dos beats, decidi pegar no auto-proclamado novo rei, Kanye, e dar-vos algo menos egocêntrico. Não é que a letra seja mágica, nem que seja algo maravilhosamente novo e único. Mas bate. Quem sabe o que faz mas é mais simpática é a Santigold. Aproveitei-me do seu próprio remix para manter o nível e lembrei-me de um dos senhores do verão. Sam Smith, ele que esteve em grande no Alive e nas rádios, o que prova que além de grande voz tem olho para as parcerias, por isso Safe With Me infiltrou-se ao seu estilo. Quem também sabe de parcerias é Stereossauro, fiel aliado de DJ Ride, que garante a sua presença na PlaylistDaSemana e muito brevemente no Mexefest. Vamos estar lá para ver e ouvir mais.

Também portugueses e com vários sons em colaboração com o criador de Pistol Whip, os Orelha Negra. Esta banda de estrelas não pára de encantar, e se começarmos a apoiar quem merece (e não quem é filho de ídolos de meia idade), podemos contar com uma referência portuguesa na música de qualidade internacional. A faixa que escolhi é uma oportunidade de conhecer mais o seu diverso repertório. Já que o fim da mesma faixa acaba com um extra noutro estilo, aproveito para mudar o estilo sem perder o beat: Flume. O produtor e dj australiano é uma das maiores potências de originalidade da música electrónica e quem mais o reconhece é Chet Faker. Mais virá dos dois, prometo.

Mas já que subimos o volume, continuemos em alta com os Major Lazer. Quem os conhece sabe que não se pára e Original Don é um bom exemplo. E é um exemplo para as duas seguintes escolhas, ligadas pelo mesmo dj: Branko. Se não entendem o que digo basta saberem que mais uma vez não se publicita o suficiente em Portugal o que realmente é apreciado lá fora.

O dj dos Buraka foi o escolhido por MIA para produzir o seu novo single, tal como Diplo, um dos djs de Major Lazer, produziu para Madonna. É prestigiante e por isso só faz sentido acabar com mais um tributo à boa música portuguesa de dança: Macumba dos Buraka Som Sistema, só para lembrar que são tão bons que ao ouvir até a relaxar te tens de abanar.

Pedro Cisneiros

 

Equipa

Deixar uma resposta