Fotógrafos acusam Taylor Swift de hipocrisia.

taylor

Há uns dias atrás, Taylor Swift ganhou o papel de defensora dos artistas ao reclamar que o Apple Music, novo serviço de streaming da Apple, não pagaria direitos autorais aos artistas durante os três primeiros meses grátis de utilização. A verdade é que depois de sua carta aberta, os diretores da empresa voltaram atrás nas decisões e disseram que irão pagar os artistas, mesmo durante o período em que os utilizadores não gastarão um cêntimo pela utilização do serviço.

No entanto, ontem, um fotógrafo resolveu publicar uma carta aberta acusando Taylor de hipocrisia, já que quer cobrar pelo seu trabalho através do pagamento de direitos autorais, mas exige que os fotógrafos assinem um contrato nos seus concertos, autorizando que a artista utilize as fotos sem pagar um cêntimo aos seus autores.

Em defesa da artista surgiu um comunicado da equipa de Taylor, dizendo que o contrato havia sido apenas mal interpretado, e que todos os fotógrafos da digressão mais recente da cantora, têm direito de utilizarem as suas fotos mesmo concedendo a permissão para a artista.

Acontece que o fotógrafo não estava a referir-se sobre o contrato da última digressão, e sim de uma anterior, o que fez com que um segundo fotógrafo viesse a público e divulgasse um contrato recente, ainda pior, que prevê a destruição do equipamento do profissional caso certas regras não sejam seguidas. Podes ver uma cópia desse contrato em baixo.

contrato

Há grandes possibilidades de que Taylor nem saiba da existência deste contrato, e que pode ser uma condição imposta pela agência responsável pelo management da artista, mas a polémica está instalada.

Equipa

Deixar uma resposta