NOS Primavera Sound: Motivos para não perderes a próxima edição.

Publico1

Só passou uma semana mas já sentimos saudades do NOS Primavera Sound, o festival do Porto que abre oficialmente a época dos festivais bateu este ano o recorde de espectadores e isso deve-se ao bom trabalho elaborado pela organização. Por isso, resolvi selecionar 4 motivos para não perderes o festival no próximo ano.

1 – Localização:

O NOS Primavera Sound decorre no maior parque urbano do país, o Parque da Cidade do Porto, localizado no final de uma das principais avenidas da cidade, a Avenida da Boavista, mesmo junto à praia de Matosinhos. Apesar de, em algumas edições, o tempo não ser o ideal para um mergulho, sabe sempre bem ir para uma esplanada à beira mar antes de entrar no recinto para assistir a uns concertos.

2 – Ambiente:

Para mim, aqui está a grande vantagem do festival. Ao contrário do que acontece na maioria dos festivais nacionais, no NOS Primavera Sound, nós não estamos rodeados de publicidade, mas sim de pessoas bonitas, com flores na cabeça, a assistir a concertos sentados na relva sobre um pôr de sol fantástico. Isto tudo faz com que consigamos aproveitar ao máximo a experiência musical que o festival tem para oferecer. Queria destacar ainda a zona de restauração que possui uma grande diversidade de comida.

3 – Cartaz:

Em 4 edições, o festival ganhou notoriedade por ter trazido grande artistas a Portugal, alguns que não vinham há imenso tempo outros que se estreavam pela primeira vez, em solo nacional. Destaque para os concertos, em edições anteriores, de Kendrick Lamar, Blur, The Weeknd, The xx, Nick Cave & The Bad Seeds e nesta edição de Interpol, Run The Jewels, Caribou, FKA Twigs E Mac DeMarco.

Mac2

4 – Parcerias com Pitchfork e All Tomorrow’s Parties:

Sendo a Pitchfork, um dos órgãos de comunicação social online mais vistos em todo mundo e a ATP uma das promotoras mais respeitadas em Londres, são duas parcerias que levam o festival além fronteiras. Para não falar que permitem a vinda de “artistas do momento” e de artistas menos conhecidos mas com grande potencial, aqueles provavelmente dentro de uns meses serão os “artistas do momento”, como aconteceu no passado com Courtney Barnnett.

Texto: Fábio Lopes
Fotos: António Almeida/Buzz TV

Equipa

Deixar uma resposta