Parecia que ia revolucionar os serviços de music streaming mas TIDAL está a ser um FLOP!

Tidal1

Há umas semanas atrás, o mundo quase que parou todo quando viu mega estrelas da música juntarem-se ao projecto de Jay-Z, o Tidal. No entanto, menos de um mês após seu lançamento, a aplicação que prometia revolucionar a indústria parece ter fracassado. De acordo com o jornal The Guardian, o Tidal não está sequer no Top 700 das aplicações mais baixados da Apple Store Americana.

Um dos possíveis motivos para o Tidal não ter impressionado os utilizadores é o seu preço, já que o mesmo teria que desembolsar, pelo menos, cerca de 13.99€ por mês para ter um serviço de streaming que oferece uma melhor qualidade de áudio (existe uma versão premium de 6.99€ mas é idêntica ao Spotify, porém ainda contém menos músicas). Muito se discutiu as intenções de Jay-Z, já que ele apresentou o Tidal como uma plataforma que iria oferecer muito mais o dinheiro para os artistas, criticando o que acontece com o Spotify.

Enquanto isso, os rivais foram directamente para o topo. As apps de Pandora e Spotify tornaram-se nas 3º e 4º mais rentáveis dos EUA. E os problemas não acabam por aqui o Tidal tem de contar ainda com o que parece ser uma crise interna. Na semana passada, o presidente-executivo da empresa, Andy Chen, foi retirado do cargo. A função passou a ser desempenhada por Peter Tonstad, que era o antigo CEO da empresa e, neste momento, atuava como consultor para o Ministério de Meio-Ambiente da Noruega.

O jornal ressalta ainda que o Tidal parece ter, inclusive, impulsionado as vendas do Spotify e do Pandora, seus principais rivais, que se encontram respectivamente em terceiro e quarto lugar dos mais downloaded na Apple Store. No Google Play, loja online para aparelhos com Android, o Tidal também está fora do TOP 500.

Alguns artistas posicionaram-se contra o Tidal, como Lily Allen e a banda Mumford & Sons. Ben Gibbard, vocalista da banda Death Cab For Cutie, disse que Jay-Z errou na sua estratégia para promover o Tidal: “Se eu fosse o Jay-Z, teria levado 10 artistas que são desconhecidos ou independentes e tinha dito “Estas são pessoas que lutam para ganhar a vida atualmente na indústria musical”. Eles estragaram tudo ao levar um monte de milionários e bilionários, que cobram milhões como cachet para reclamarem que não são pagos o suficiente.

Equipa

Deixar uma resposta